Blogger Widgets

Fugindo de mim




Hoje eu quero ser tudo, menos eu. Pelo menos hoje. Quero fugir da realidade. Procuro outros caminhos, para não encarar a realidade. Invento várias desculpas: livros, filmes e um novo amor platônico são meios de fuga. Sim, porque ser eu é desesperador. Tem dias que nem eu me suporto. E nesses últimos tempos, parece que estou numa TPM perpétua, inferno astral permanente e não tenho nenhuma desculpa para esse mau humor. E agora José? O que eu faço?

Você é minha desculpa, fico pensando em você noite e dia e sei que é proibido. Será uma outra forma de covardia? Posso me esconder no seu bolso? Só hoje, preciso da sua mão. Me carrega uma milha, só hoje. Eu não quero ser responsável por mim. A carga está pesada. Eu não sou perfeita, estou longe de ser. e cansei desta cara azeda, da tontura constante e deste corpo desproporcional. Hoje serei uma personagem de quadrinhos. Posso escolher? Quero aquela vilã odiada, a mocinha chorona ou o palhaço inútil. Entrar em um livro e nunca mais sair.

Páginas rasgadas no chão. Tédio de mim. Hoje não estou agradável, nem divertida, muito menos simpática. Não quero sua amizade, nem seu perdão, muito menos sua reconciliação.
Me contento com seu sorriso, um abraço apertado e a promessa não dita.

Posso me esconder no seu bolso?

2 Comentários:

  1. Hum, gostei do seu blog, acabo de chegar aqui. Estou criando um também e o seu é o tipo que, como posso dizer, me identifico. Vou te acompanhar a partir de hoje! Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo elogio, ganhei o dia. rs
      Beijos!

      Excluir

Oi, gente! Este espaço é dedicado à vocês! Opiniões, críticas e sugestões sobre o post ou blog são publicados aqui. Se você não tem um blog, pode comentar pela opção Nome/URL. Também sinta-se à vontade para entrar em contato comigo pelo priscilandreza@gmail.com :) Beijos!